SILICONE NOS SEIOS




Apesar da prótese de silicone nos seios ter virado moda nos últimos anos, o implante não é tão simples. Colocar a prótese oferece os mesmos riscos que outras cirurgias. Por isso, antes de se submeter ao bisturi procure esclarecer todas as dúvidas com o médico. Neste material pesquisado na internet, especialistas falam sobre os tipos de cirurgia e de próteses, o tempo de recuperação e os riscos que o silicone oferece para quem ainda pretende amamentar.

Redonda com perfil alto, redonda com perfil baixo e em gota. Esses são os três formatos de prótese de silicone que a candidata a turbinar os seios pode escolher. "Normalmente, médico e paciente decidem juntos, avaliando o desenho natural da mama e o resultado desejado", diz a cirurgiã plástica Edith Kawano Horibe, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A prótese redonda com perfil alto deixa o seio com mais volume e projetado para frente; a com perfil baixo é mais natural; e a terceira deixa o seio em formato de gota. Elas são envolvidas com silicone sólido que pode ser liso, texturizado ou revestido de poliuretano. Já seu interior, pode ser de silicone, gel ou soro fisiológico. Cada uma com seu tamanho e volume, que pode variar de 135 a 500 ml. Os tamanhos mais procurados são 195, 215 e 235 mililitros.

A incisão para colocar o silicone pode ser feita em volta da aréola, no sulco sob o seio ou na axila. Cada médico prefere uma técnica. Já a posição do implante depende da constituição física da paciente. Se for magrinha e com pouquíssimo peito, a prótese deve ser colocada sob o músculo peitoral para um efeito mais natural, quando é chamada prótese retromuscular. A retroglandular, prótese implantada logo abaixo da glândula, é mais indicada para quem tem seios médios ou flácidos.

Quanto mais elástica a pele, melhor a cicatrização. O corte no sulco mamário deixa uma cicatriz de cerca de 4 centímetros, que fica escondida pelo volume do seio. A incisão na metade inferior da aréola é quase imperceptível. Já na colocação da prótese via axila é feito um corte de 4 centímetros que fica disfarçado pelas dobras do tecido.

A pele dos seios é muito fina e sensível, por isso sofre tanto quando há aumento de peso, com o efeito da gravidade e a gravidez. "Hidratá-los diariamente, desde a adolescência, ajuda a deixá-los mais resistentes, reduzindo os riscos de estrias e flacidez", explica a dermatologista Carla Goes Sallete, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Mesoterapia. Cremes à base de semente de uva, colágeno e elastina são os mais indicados. "É importante aplicá-los com movimentos circulares", orienta a médica. O uso de sutiã também é indispensável, pois evita que o peso distenda a pele. Outro aliado são os exercícios localizados. "Eles firmam a musculatura peitoral, que fica sob os seios, melhorando a aparência", explica a personal trainer Patrícia Carolina Jurvenson, da Fitness In - Consultoria em Programas de Qualidade de Vida.

A paciente é operada normalmente pela manhã e à tarde já é autorizada a voltar para casa. Alguns médicos colocam uma sonda para ajudar a desinchar a região e, nesse caso, aconselham que ela durma no hospital pelo menos uma noite. O tempo da cirurgia varia entre 1 hora e meia e 3 horas e o tipo de anestesia, peridural ou local com sedação, fica a critério do médico. Os preços do implante ficam entre R$ 5 mil e R$ 8 mil (dependendo dos honorários do médico, da equipe e do hospital).


Sutiã pós-operatório

Terminada a cirurgia para colocação da prótese, o médico veste um sutiã reforçado na paciente. Ele pode ainda envolver o peito com uma faixa elástica, que ajuda a fixar o implante. Por um mês, todos esses 'curativos' só podem ser retirados na hora do banho, isso a partir do terceiro dia. A recuperação é dolorida e a volta ao trabalho é liberada em cinco dias. Para fazer sexo é preciso esperar cerca de duas semanas; um mês para dirigir; e dois meses para fazer exercícios peitorais, carregar peso e tomar sol.

O implante de silicone nos seios não é indicado para menores de 15 anos, pois até essa idade, geralmente, os seios não estão totalmente desenvolvidos. Mulheres com flacidez nas mamas, antes de colocar a prótese, têm de passar por uma plástica para retirar o excesso de pele - o que é feito na mesma cirurgia.

O organismo pode rejeitar a prótese, envolvendo-a em uma cápsula fibrosa, que vai endurecendo, deformando os seios e causando dor. Próteses com invólucros texturizados ou revestidos de poliuretano diminuem o risco de haver rejeição. Caso a cápsula fibrosa se forme, o médico rompe a malha e troca o implante em uma nova cirurgia.

É raro, mas há mulheres com silicone que não conseguem amamentar depois de colocar o silicone. O auto-exame também fica mais difícil, principalmente quando a prótese é retroglandular. "Ela fica atrás da glândula mamária e altera a sensibilidade dessa região, dificultando a identificação de nódulos por meio do toque", explica o médico oncologista Ricardo Caponero, de São Paulo. "Por isso, é mais seguro recorrer à ultra-sonografia mamária, que identifique nódulos e informa também se a prótese apresenta fissuras." Já a prótese retromuscular não compromete o exame. Outra desvantagem é a necessidade eterna da prótese. Depois de implantada, a prótese distende a pele e não há mais como voltar atrás. Caso a mulher queira remover o silicone, a mama fica flácida, murcha. Só dá para substituir o modelo anterior. A prótese deve ser trocada a cada dez anos.
Mas pode mudar a vida de uma mulher,pois mulher com seios e outra coisa. veja algumas fotos das turbinadas.










QUAL VOCE GOSTOU MAIS? TEM VONTADE DE FAZER OU JA FEZ?

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comentários:

cris disse...

eu acho lindo, e na minha opiniao o melhor vendo a foto foi o da sarah...

Lidiane disse...

Oii Cris, eu tenho silicone, já coloquei faz 6 anos, e graças a Deus tudo ocorreu bem e daqui uns 6 anos tenho que trocar e com certeza vou colocar uma maior, tenho 235ml, mas no meu caso eu não tinha nada, menos do que qlquer garota de 10 anos...rsrsrs, me sentia péssima de biquine, então não me arrependi de ter colacado, o pós -cirurgico foi ruin, eu sofri muito, não tinha dores, mas tinha que dormir de barriga pra cima por 15 dias e eu qse morri c/ isso, mas c/ 30 dias já estava bem e fazendo tudo que sempre fiz, coloquei pouco para ficar bem natural e ninguém sabe que são próteses, se eu não falar!!Adorei e indico, mas eu indico pras mulheres que não tem, como eu, e pras quem tem pouquinho, eu consegui amamentar normalmente, só não tive muito leite, mas amentei por 30 dias e meu leite só secou, pois Juju dormia no meu peito...rsrsrs..não foi por causa da prótese!!
Bjãoooooo

cris disse...

obrigada lidi por testemunhar, isso mesmo mulherada quem nao se sente bem, tem que fazer mesmo, sou a favor de qquer coisa que nos deixe melhores conosco mesmos, tbem penso em colocar,apesar de nunca ter tido muito pequeno,mas agora diminuiu. Sao dois rolos diferentes mulher e mae, e vamos se cuidar mulherada.....bjokas

Leticia - Direto dos EUA disse...

Cris adorei a materia, em breve irei por a minha protese, mas antes preciso providenciar o n.2 kkkkkkkkkkkkk
bjinhos

ANA PAULA disse...

Oi Cris, adorei o tema, pois trabalho na área do pós cirúrgico, trabalho com modeladores e soutiens pós operatórios, essa área de medicina estética tem crescido cada dia mais, os médicos cada dia inovam mais, cria mais alguma coisa, Moro em Goiânia/GO e aqui tem tido uma procura muitoooooooooooooo grande, por um corpo perfeito, rsrs, Não fiz ainda nenhum tipo de plástica nem nada, pq quero ter outro filho, mas vou fazer se Deus quizer, e pelo que vejo e por experiência mesmo, os riscos de má cirurgia tem diminuído muito, as mulheres estão mais preocupadas, estão mais exigentes, isso e bom, pq estamos ficando mais informadas... MAIS INDICO, MESMO ASSIM,VAMOS TER CAUTELA, VAMOS SABER COM QUEM FAZER,PESQUISAR A MELHOR FORMA, O MELHOE MÉDICO,O QUE O MÉDICO TE INDICA, E SOBRE TIRAR A PROTÉSE, ta tranquilo tb, só vai ficar menor, mais quanto a flacidez e ficar mucho rsrs, e só fazer redução de pele... Um bjo

Ana Paula & Lavynia Stofel ;)

Mayara disse...

Adorei
Eu coloquei Silicone em 2008 no Rio de janeiro coloquei 250 ml
A Prótese era salina
Apos uns meses tive rejeição então tive que retirar as Próteses
Apos disso mudei para Miami e coloquei outra vez so que agora
Silicone
Tem um mes que fiz a Cirurgia e estou me sentindo muito bem
E super feliz outra vez
Pois Havia perdido 15 kilos e meus seios ficaram flácidos
E a recuperacao foi super tranqüila através de Remédio e Relaxante

Eu indico
E acho que todas as mulheres deveriam
Ter...

Halima Lima Ganem disse...

Oi Cris, primeiramente parabens pelo blog! E parabens por esse tema que tb e mt interessante! Eu a mais ou menos uns 4 anos atras queria muito colocar silicone, porem, nada exagerado, pq o natural e sempre mais bonito e saudavel que o artificial! Mas de tanto minha mãe falar, para eu deixar isso de lado e colocar so depois que eu tivesse filho, posso dizer que entre "aspas" ela conseguiu me convencer, a decisão de deixar de lado nao foi exatamente pela opiniao dela, porque por mais que a gente saiba que mãe quer sempre o nosso bem, eu sempre tentei tomar minhas decisões com consciência sabendo que as mesmas não me prejudicariam. Então o motivo de deixar essa decisão de lado, oque falou mais alto foi o desejo de ser mãe, pois na época eu sabia que se colocasse as proteses, a mesma nao interferia em nada na amamentação, pois nesse caso digo com toda sinceridade que o que falou mais alto em mim foi a razão e não a emoção, porque pensando e repensando (coisa que e dificil acontecer comigo! rsrs! Porque sou possuida pela impulsividade), decidi tirar isso da cabeça pela seguinte conclusão: é melhor ter filho (s) primeiro, ver oque acontecerá com meus seios depois que acabar a fase da amamentação, para depois decidir o que fazer, hoje como você sabe estou gravida de quase 3 meses, e depois que tiver meus "pupilos", ou seja, ter meus filhos, nessas etapas decidirei se apelarei ou não para o silicone, pois faço de suas palavras as minhas palavras: "quem nao se sente bem, tem que fazer mesmo, sou a favor de qquer coisa que nos deixe melhores conosco mesmos".
Assino embaixo Cris. Inclusive alguns meses atrás vi em uma reportagem que o Brasil é o país que mais faz cirurgias plásticas por dia, no índice, não tenho certeza não, mas se não me engano parece que por dia no Brasil são realizadas cerca de 3.000 cirurgias plásticas!
E para finalizar, meu voto vai para as proteses da modelo Gisele, porque a mesma havia seios muito pequenos, e as proteses dela ficaram bem naturais! Bjokas!

Patricia disse...

Olá Cris! ADORO o blog! E vou comentar esse assunto pq fiquei muito tempo em dúvida quanto a colocar ou não a prótese... Coloquei ano passado, esperei minha filha completar 6 meses, e fui!!! E graças a Deus, foi tudo de bom! Passei super bem,adorei o resultado e a alto-estima então... nem se fala!!! Quem tem vontade de pôr,não perca tempo! Beijooss!!!

rodrigo disse...

Adoro os seios da Victoria Beckham, acho lindo quando o seio fica no formato do silicone, beeeeem artificial

Postar um comentário

NAO SEJA TIMIDO, ESCREVA!!!! O QUE ACHOU DO ASSUNTO?
Para escrever teu comentario,escreva nesse quadrado branco aqui embaixo,apos aprovado ele aparecera no blog. obrigada