RELATO DE UM PARTO, por kécia monteiro toso


Ola meninas! Senti-me muito lisonjeada quando Cristina pediu que eu compartilhasse o relato do meu ultimo parto aqui no blog dela,que é super visitado e divulgado!
Como algumas de voces sabem, por causa do orkut, me chamo Kécia, tenho 27 anos e sou mae de duas crianças: Valentina,que em maio faz 2 anos e Lorenzo que tem quase 3 meses.
Os dois vieram ao mundo de parto normal, mas engana-se quem pensa que eu sou dessas fanaticas por PN e que condena as mamaes de parto cesareo. Meus filhos nasceram de parto normal porque Deus quis e porque a Mae Natureza deu um empurraozinho,hehehe!
Entao, vou resumir minha experiencia no primeiro parto pra poder chegar no segundo...Valentina foi fruto de uma gravidez muito tranquila, nasceu num dia lindo de sol e com 40 semanas certinhas,nem um dia a mais.O problema é que minhas contraçoes iniciaram com intervalos de 10 minutos e eu corri pro hospital de mala e cuia.O trabalho de parto durou 23 horas e no momento crucial eu ja estava cansada demais,porque a dilataçao foi muuuuito lenta e entrei em panico,travei e nao conseguia mais nem respirar. Depois que ela nasceu,tive uma hemorragia ainda na sala de parto e me apagaram,so acordei umas duas horas depois com meu marido ao meu lado, com minha princesinha no colo. Foi lindo...quando abri os olhos,eu era mae! E ela era linda...
Quando Valentina completou 1 ano, meu marido e eu decidimos que era hora de aumentar nossa familia.E nesse mesmo mes, comprei um teste de gravidez e nao deu outra: estavamos gravidos novamente! Dessa vez eu era mais experiente mas aquele medo do parto parece que tinha aumentado e eu so pensava nisso...os meses foram passando, tive enjoos, desejos, dor nas pernas, nas costas, no nervo ciatico(doi so de lembrar...) e finalmente sentei com minha ginecologista pra conversarmos sobre o parto.Eu perguntei se ela nao liberava um cesareo pra mim,assim na amizade mesmo...aqui na Italia os hospitais incentivam muito o parto natural. Além de custar menos para o serviço de saude publica, entra a questao da recuperaçao da mae, dos riscos que sao evitados, etc.Minha ginecologista é uma pessoa muito humana, tranquilissima e muito amiga. Tentou me convencer a desistir do cesareo e como nao teve sucesso, ela entao me encaminhou pro Primario (chefe de setor) de Ginecologia do Hospital pra que ele tentasse me convencer a fazer o parto normal mesmo,mas nem ele conseguiu e ainda disse uma coisa que me deixou meio assim..."nao estamos no Brasil, onde se faz parto cesareo por questao de comodidade..." - Muito triste que o Brasil tenha essa fama por aqui,né?.Acabou marcando pro dia 18/01, 6 dias antes da DPP. O fato de marcar o cesareo me tranquilizou muito e foi fundamental pra que eu mantivesse a calma nas ultimas semanas, porque quando eu pensava em passar todas aquelas horas sofrendo pra me acabar de dor no final,mesmo com epidural...eu perdia o sono! E ainda acordava o marido pra desabafar...
Por volta do dia 08/01, senti a barriga dura e umas colicas leves no baixo ventre...como eu ja estava no ultimo mes, achei prudente ir ao hospital. La fizeram ultrason, toque e fiquei uma bela horinha pregada na maquina de cardiotocografia. No fim das contas,estava tudo bem e o médico que me atendeu (porque aqui nao tem isso de ligar pro GO de madrugada pra ele ir te atender no hospital...) tentou me persuadir a tentar o normal,quando chegasse o momento...mas disse que ele ainda nao tinha chegado, que eu fosse pra casa e esperasse as dores. Eu confesso que me senti culpada por ter escolhido o PC quando pensava que ia voltar do hospital e nao ia poder segurar minha filha no colo,que nao ia poder me jogar no chao pra brincar com ela por um tempo e ela ia sofrer com isso porque somos unha e cuticula. Mas procurava nao pensar mais, ja estava marcado e pronto.
No dia 12 eu tinha uma consulta de rotina,so pra ver o quanto Lorenzo ja tinha crescido, pra verificar a pressao e etc. Lembro que nesse dia eu acordei cansada e disse "ah,hoje eu vou assistir tv e preparar o almoço, me arrumar pra consulta e so! Nao to com saco pra fazer nada em casa..."(sou viciada em limpeza, principalmente limpeza de casa...pra eu dizer isso,é porque tava morta de cansada mesmo!).E assim foi, cheguei la pra consulta, minha GO me disse que tinha solicitado umas bolsas de sangue pro parto(tive uma super anemia inexplicavel...), que minha pressao tava otima e começou a fazer minha ultra...ai a expressao dela foi mudando...e eu nao tava gostando disso. Ela disse que o liquido amniotico tava no limite do limite! Fez umas contas la, olhou meus exames de novo e reexaminou a ultra...chamou uma colega dela pra uma segunda opiniao e a outra GO disse "eu ainda acho que ela ta com menos liquido do que voce calculou..."
Foi ai que ela disse que ia me internar imediatamente porque Lorenzo tinha que nascer em no maximo 24h. Pra nao entrar em panico, pensei "se fosse um parto de risco, iam me operar agora né?". Ela fez o toque e disse "poxa...a senhora ja ta dilatada em 1cm. Eu to tocando a cabecinha dele, ele ta aqui prontinho...tem certeza que vai querer o cesareo?" Ai eu nao sei de onde tirei essa coragem toda e disse "nao, rasga todos aqueles papeis que eu assinei...vamos tentar o normal!". Ah, meu marido pulou de felicidade porque ele dizia que cesareo nao tinha emoçao nenhuma e ele adorava minhas caras na hora da dor...hehehe!Mas com a promessa de que se o trabalho de parto se prolongasse,iam fazer o cesareo pra que eu nao penasse muito.
Isso era por volta das 18h, me internaram, meu marido veio em casa buscar a mala e eu fiquei no hospital chorando horrores por ter que ficar longe de Valentina sem ao menos ter dito um tchau...e coloquei uma coisa na cabeça: quanto mais rapido for, quanto mais eu fizer tudo certinho, mais rapido eu volto pra ela em casa! Jantei, fui dormir mas foi em vao porque passei a noite acordada e por volta das 5h me chamaram na sala de parto pra aplicarem um gel indutor de contraçoes. Aplicaram, fiquei la deitada umas 2h pra nao ter perigo dele sair e nisso, um monte de medicos passaram na sala onde eu tava,quando liam o prontuario diziam "parabens por ter tentado fazer normal!"
La pelas 8h,voltei pro meu quarto e comecei a sentir umas dorzinhas...ai comecei a rezar,pedindo a Deus que nao durasse muito...minha GO disse que ia fazer o possivel pra estar presente no meu parto e pensando nisso, tentei me tranquilizar.
Liguei pro meu marido e disse que parecia que eu ja tava sentindo umas dores...ai ele despencou pro hospital,ansiosissimo! Quando me examinaram, eu ja tava dilatada em 3cm! O GO que me examinou ja mandou chamar o anestesista e disse que ia me poupar da dor (acho que minha fama de medrosa ja tava espalhada...) ia chamar logo o anestesista pra aplicar a epidural. O anestesista era um fofo,disse que so bastava eu estalar os dedos que ele vinha correndo aplicar mais pra eu ficar bem zen...amei!
E assim foi...la pelo meio dia, cheguei em 6cm...o dia tava lindo, meu quarto tinha uma vista maravilhosa pro Lago di Garda e isso ja deu outro astral! A equipe que tava me acompanhando era muito legal,as enfermeiras super humanas e atenciosas...a gente conversava sobre tudo, o clima era de festa mesmo! Dai la pelas 14h cheguei em 8cm! As enfermeiras começaram a organizar tudo,desempacotar as coisas,fazer uns telefonemas...confesso que fui ficando tensa e meu marido percebeu, desde esse momento, ele ficou em pé segurando minha mao como um verdadeiro amigo. Ai cheguei em 10cm...era a hora! Minha GO entrou na sala sorrindo e disse "vamos colocar esse menino no mundo!". Liberei toda a tensao que tava sentindo e comecei o processo...nas duas primeiras contraçoes eu ainda tava esquecida qual era a força que tinha que fazer...nas duas ultimas, devo ter feito umas 3 forcinhas e ouvi "oba, ele ja ta aqui!" e ele nasceu! Foi incrivelmente rapido e podem nao acreditar, quase nao senti dor! Eu praticamente tirei Lorenzo de dentro de mim! Enquanto o aspiravam eu dizia "aaaaah me da ele logooo!!!", peguei meu bebe no colo todo melecado, beijei, lambi, cheirei! Foi maravilhoso e inesquecivel,ainda sinto o cheirinho dele naquele momento! Perguntei quantos pontos tinha levado...e disseram que nao tinha nenhum!
Depois de curtir muuuuito meu filhote, coloca-lo no peito e beijar mais umas mil vezes, levaram pra lavar e medir...ele nasceu com 54cm e 3.610kg. Uma enfermeira disse que se tivesse esperado pelo dia 24,ele tinha nascido com uns 60cm...hehehe! Infelizmente,a clavicula dele quebrou na saida pro mundo...mas com 1 mes de vida, ele ja tava completamente sarado! Fiquei mal demais, morria de medo de magoar o ombrinho dele,mas deu tudo certo! Por causa do pouco liquido nos ultimos dias, ele nasceu com um retardo de amadurecimento dos quadris. Ou seja, por ter pouco espaço pra nadar,ele nao conseguiu "abrir" a articulaçao que liga a bacia ao femur. Imediatamente,ele começou a usar uma protese que era como uma fralda descartavel com uma borracha dura entre as perninhas, porque elas tinham que ficar abertas pra amadurecer. Depois de um mes, muita oraçao e ansiedade, fizemos uma ultrason e o medico disse que ele ja tava completamente curado!!! Gente, isso leva meses pra consertar e meu filho ja estava livre dessa protese! Agradeci e continuo agradecendo muito a Deus por todas as bençaos...pelo parto tranquilo, pela saude reestabelecida dele e pelo amor que ele trouxe pra essa casa, que juntando ao que Valentina nos da todos os dias, acaba sendo o combustivel pra nossas vidas.
Amo ser mae, me dedico de corpo, alma e coraçao aos meus filhos e a unica coisa que peço em troca sao sorrisos! E eles me dao muuuuitos! Somos muito felizes, graças a Deus!
Bom, o relato quase virou um livro...hehehe!
Beijos

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

12 comentários:

Rujuju...ઇ‍ઉ* disse...

Que lindoooo Kécia!!!
Choreiiiii é muita emoção né amiga não tem como explicar essa sensação só nós mamães que entendemos esse Amor sem limites...

Tudo de maravilhoso para essa linda familia...

Bjokas

Luciane disse...

Oi Kécia, que lindo relato amiga!Me emocionei muito com o seu ultimo parto...Lembrei do meu que tbém corri um certo risco, mas graças a Deus, estamos bem e felizes tbém. Que Deus os abençoe muito!Mais ainda né? rsrsrrs Sem dúvida nenhuma,Ñão cai nenhuma folhinha de uma árvore, se Deus Não Quer! A gente faz os nossos planos, mas os de Deus, sãos os melhores para nós!Seu filho, é prova viva disso amiga, Parabéns e muitas felicidades a todos! bjuuuuuuu

Rafaela Paiva disse...

Lindo relato de parto. Me acabei de chorar aqui, além de lindo é da minha amiga amada Kecinha né? E meus dois sobrinhos gorduchos e amados.

Anônimo disse...

Me acho Alessandra e me itendifiquei com vc Kercia, meu primeiro parto foi bem dificil 20 horas e to pensando no segundo bb, mas quando lembro do parto confesso que fico tremula! Mas com seu relato acho que criei coragem hahaahhaha Deus abencoe sua familia!

Cinthia *Titi* disse...

Que lindo Kécia!!!!! Amei o seu relato!!!
Me fez relembrar o nascimento da Joana, que foi praticamente uma novela! Linda a sua opção pelo parto normal!
Que sua família continue sendo muito muito feliz!!!
Tdo de bom!
Bjks!!!

Cinthia *Titi* disse...

O meu parto foi bem parecido com o seu primeiro e tenho muito receio de ter outro filho justamente pelas complicações que passei... É verdade que é mais fácil no segundo? Mesmo mesmo???
Bjks!

dayane disse...

Amiga linda sua experiencia, apesar da gente sofre um montao pra colocar esses anjos no mundo tudo vale a pena, pq qndo vemos esses olhinhos lindos cheio de ternura, tudo q passamos è esquecido, nao è mamaes babonas??
Bem eu graças a Deus tive partos maravilhosos, do Enzo foi um pouco complicado mas tudo bem, alias, meus partos forao rapidissimos, do Enzo 2:15hrs e da Valentina 2:00hrs, qndo começo a dilatar a coisa vai rapido, hahahahah....
parabens e muitos bjos em vcs.

Closet da disse...

Maravilhoso seu relato amiga, o meu parto tbm foi normal,e sem anestesia nenhuma,realmente a dor é a pior do mundo concerteza,Fui internada antes da hora tbm com 1,5 dilatação,as 13:00 hrs, mais só entrei em trabalho de parto as 5:00 madrugada,foi qdo minha bolsa rompeu,e começou as dores tenebrosas,eu chorava mt debaixo do chuveiro,e gemia,mais não ficava deitada,ficava andando sem parar, e fazendo forçinhas,qdo sentia a contração o q foi essencial na hora de dar a luz, as 9:00 estava com 6 cm e ja exausta,vomitando, e kerendo morrer de tanta dor,me diseram q demoraria ainda umas 4 horas no minimo,mais as 10:23 minha pequena veio ao mundo,foi tdo tão rapido q nasceu nas mãos de uma estudante enfermeira,o medico chegou em 5 mt e ela ja tinha nascido,deu risada, e brincou q eu ja podia ter alta, qdo fui pra sala de parto, a cabeçinha ja estava saindo p fora,quase nasce no corredor...rsrs, foi o assunto do hospital, por eu ter 19 anos, e ter sido tão forte! Foi tudo muito lindo mesmo, e Sarah nasceu com 3,235 kg e 48 cetm! Tbm não levei nenhum ponto... :D beeijosss

Kelly disse...

Oi Kécia que linda a sua experiência.
Parabéns amiga mesmo longe podemos perceber o amor e carinho que vc e Toso tem pelos bebes e eles por vcs.
Como vc sabe tambám sou mãe e mãe de parto normal e isso é maravilhosos, não desmerecendo que tem parto cesário mais o normal parece algo mágico.

Beijossssss

Anônimo disse...

É meninas...adoraria ter tido um PN, mas Juju preferiu ser preguiçosa e não ter dado sinais de quem queria sair de um lugarzinho tão quentinho...então com 40 semanas e alguns dias DECIDI JUNTO COM MEU GO, pelo PC. Aguardei anciosa a sensação das contrações, das dores...da anciedade...mas...fazer o que né?! Deus sabe o que faz...quem sabe o próximo...
Mas, parabéns Kécia...corajosa vc e que lindo esse amor que vcs tem um pelo outro!! Bjsss
Kênia
OrKut: kenia.reginap@gmail.com

Ana Clara disse...

Kécia, muito lindo o seu relato sobre o parto... esse povo do parto normal é muito corajoso, eu não tive essa mesma coragem, assim que soube que estava grávida já optei pelo cesáreo... Até porque aqui no Brasil quando é particular você pode escolher qual parto quer..
Você é uma mulher de força e muita garra, Kécia... parabéns pela coragem de fazer os 2 PN..

Bjs, Thaty Peixoto

Amanda disse...

POxaaaaaaa que incrivel!!!
Nao imaginei que a Kécia tinha passado por tdo isso... Uma pena que o Brasil tenha essa fama msmo... linada historia emocionate parabens Kécia!!

Postar um comentário

NAO SEJA TIMIDO, ESCREVA!!!! O QUE ACHOU DO ASSUNTO?
Para escrever teu comentario,escreva nesse quadrado branco aqui embaixo,apos aprovado ele aparecera no blog. obrigada